Carreta recuperada, mas motorista continua desaparecido – TV CMN – Canal Municipal de Notícias
Enviado no dia 25/09/14 14:53:07 - Atualizado em 25/09/14 às 14:53:07
Carreta recuperada, mas motorista continua desaparecido
  • 1
  • 3.652
  • TV CMN

 

Sistema de monitoramento da empresa acusou quando a carreta saiu da rota em Anápolis/GO, causando suspeita que algo estivesse errado. Passaram a rastrear a carreta e imediatamente a Polícia Militar de Goiás foi avisada e informada que a carreta seguia pela BR-070 no trecho de Águas Lindas de Goiás. A equipe da viatura do cabo Oliveira, com soldado Souza e civ. Honório saiu em busca de informações tomando conhecimento que a carreta passara pela BR-070 rumo DF. A equipe foi atrás e localizou a carreta nas proximidades do setor QNH em Taguatinga Norte.

IMG-20140925-WA0030

Ao perceber a aproximação da viatura o elemento que estava ao volante, entrou com a carreta pro meio do mato, arrebentado uma cerca, mas em seguida uma das rodas de dianteira caiu em um buraco, e, o elemento saiu correndo embrenhando-se no mato. Os policiais foram atrás o localizando escondido no meio do capinzal o prendendo. Dentro da carreta, foi encontrado um equipamento para bloquear o rastreamento que não funcionou.

Levado para Delegacia, o elemento foi identificado como sendo Fabiano Damião José de Moura de 27 anos, morador de Abadiânia/GO.

Conforme informações do cabo Oliveira, a carreta estava carregada com doces e guloseimas no valor de R$600.000.00.

Já o motorista da empresa não estava na carreta e até o fechamento desta matéria não havia sido encontrado.

COMENTÁRIO DO REPÓRTER:

Mais uma vez, a PMGO precisou cruzar a fronteira para prender um ladrão e recuperar o patrimônio roubado. Se bandido não tem fronteira, a polícia também não tem, e foi isso que o cabo Oliveira e sua equipe levaram em conta para retirar mais um ladrão do convívio da sociedade e colocá-lo na cadeia.

Carlos Leal sem papas na língua.

Vídeo Reportagem: DF TV 1ª – Edição

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.

1 Comentário

Deixe uma resposta