Homem reage a assalto e é baleado e morto na parada de ônibus – TV CMN – Canal Municipal de Notícias
Enviado no dia 06/08/16 21:16:19 - Atualizado em 06/08/16 às 21:16:19
Homem reage a assalto e é baleado e morto na parada de ônibus
A vítima foi baleada na cabeça e não teve tempo nem de ser socorrida
  • 4
  • 4.465
  • TV CMN

Homem reage a assalto e é baleado e morto na parada de ônibus.Ele só queria uma vida melhor, mas encontrou a morte ao reagir a ação de marginais que queriam lhe assaltar.O baiano Jurandir dos Anjos, 44 anos, saiu de sua terra e veio para o centro oeste em busca de uma vida melhor. Aqui, morava em Santo Antônio do Descoberto/GO. Como a maioria das pessoas que moram nas cidades do entorno, Jurandir trabalhava no DF e por isso, tinha que levantar de madrugada para pegar o ônibus rumo ao trabalho. No sábado 06/08 por volta das 05:30hs, ele não pegou o ônibus e não chegou ao trabalho, porque reagiu ao ser assaltado sendo morto covardemente pelo bandido, “que sem dó nem piedade, o julgou, condenou e executo em segundos com um tiro na cabeça”.Homem reage a assalto e é baleado e morto na parada de ônibus.

Jurandir perdeu sua preciosa vida, enquanto defendia seus pertences que seriam roubados por marginais.Caso Jurandir estivesse armado, poderia ser preso e enquadrado no Art. 16 do Estatuto do Desarmamento. Não reagir será sempre a melhor opção.

Homem reage a assalto e é baleado e morto na parada de ônibus.

COMENTÁRIO DO REPÓRTER:

Agora, Jurandir está morto não irá mais trabalhar em busca de uma vida melhor, mas o bandido que o matou, continua livre para matar novamente.

Também, caso seja preso, não ficará muito tempo no presídio, e se ficar, vai ficar hospedado às nossas custas, tendo a preferência no atendimento médico hospitalar e provavelmente recebendo o famigerado auxílio reclusão, que poderá ser usado para pagar um advogado para livrá-lo cadeia.
Isso é o que está nas Leis brasileiras que são feitas pelos deputados que nós mesmos elegemos.
Carlos Leal, sem papas na língua.

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.

4 Comentários

  1. POR ISSO QUE DEFENDO O DIREITO DE PODER ME DEFENDER, O DIREITO DE PODER TER MINHA ARMA DE FOGO.POIS ESTE ESTATUTO DO DESARMAMENTO DESARMOU APENAS CIDADÃOS DE BEM. #FIMDOESTATUTODODESARMAMENTO

  2. É muito triste se deparar com este tipo de notícia, com certeza esse inseto que cometeu esta barbárie,já tem várias passagens pela polícia, mas infelizmente nossas leis são uma mãe pra estes vermes, quero parabenizar o jornalista Carlos Leal, autor do texto, simplesmente ele, além de fazer uma excelente matéria jornalística, fez um belo e emocionante desabafo, me sinto representado em todas as suas palavras, pois elas com certeza representam todo o sentimento do cidadão trabalhador, honesto e de bem deste país, quem dera que todos os jornalistas que fazem matéria policial, fizessem sempre esse desabafo, e utilizassem esse meio tão importante que é a imprensa pra jogar na cara dos nosso políticos e legisladores a verdadeira realidade em que se é tratado o trabalhador e o vagabundo, o que vejo na maioria da nossa imprensa é a defesa quase que incondicional de marginais, principalmente quando esse se trata de um “di menor”, muitas vezes parece que a vítima que é culpada e o vagabundo que é a vítima, enquanto não tivermos leis fortes , como pena de morte e prisão perpétua para crimes hediondos, a tendência é a coisa ficar cada vez pior, saudades da época em que éramos governados pelos militares, enfim meus sentimentos aos familiares desse pobre trabalhador.

    • Mas tecnicamente o jornalista está errado…
      Desabafo emocionado não cabe a jornalista… jornalista tem que ser profissional e mostrar a noticia correta…. então tudo na matéria foi perfeito, tirando a parte em que falou sobre o auxílio reclusão… o correto é que o Auxilio reclusão não é para todos, o preso só recebe se estiver contribuindo ou se tiver a condição de segurado do INSS (carteira assinada nos últimos ano de trabalho).

  3. Wesley Barbosa em

    Auxilio reclusão não é para todos ele só recebe se estiver contribuindo com o FGTS e se tiver trabalhando e se tiver filhos. Não é nenhum peba que recebe assim não

Deixe uma resposta