Homem se passa por estrangeiro e aplica golpes em mulheres. Mulher de Águas Lindas perdeu R$ 100 mil reais – TV CMN – Canal Municipal de Notícias
Enviado no dia 12/11/18 12:51:40 - Atualizado em 12/11/18 às 12:51:40
Homem se passa por estrangeiro e aplica golpes em mulheres. Mulher de Águas Lindas perdeu R$ 100 mil reais
Vítima relata que perdeu R$ 100 mil após comprar um carro e fazer empréstimos para ele. Homem se apresentava como advogado de multinacional e descendente de italiano.
  • 1
  • 2.136
  • TV CMN

Mulheres denunciam que foram vítimas de um golpe após conhecerem um homem em sites de relacionamento e começarem a namorar com ele, em Goiás. Uma das vítimas relata que perdeu R$ 100 mil após comprar um carro e fazer empréstimos para ele. A Polícia Civil investiga o caso e se ele tem ajuda de outras pessoas.

Uma das vítimas diz que conheceu o homem na internet e ele se apresentou como advogado de uma empresa multinacional e que era descendente de italianos. Após 15 dias de namoro, ele pediu para que ela trocasse alguns cheques para ele, em Valparaíso de Goiás.

“Ele pediu também para o meu pai fazer um empréstimo no valor de R$ 10 mil e pegou um valor de R$ 2,5 mil com meu irmão, não sendo repassado nada para a minha família. Ele deixou um prejuízo pra mim e para minha família o valor de R$ 22 mil”, disse a mulher que não quis se identificar.

Outra mulher contou que o prejuízo foi ainda maior: R$ 100 mil. Ela mora em Águas Lindas de Goiás. “Foi um carro, foi R$ 11 mil de empréstimo, mais R$ 12 mil”, relatou, também ser ter o nome divulgado.

Em uma rede social, outra vítima faz alertas, dizendo que ele aplica os golpes em mulheres de Goiás e do Distrito Federal após conhece-las em sites de relacionamento.

De acordo com a Polícia Civil, além das vítimas que moram no Entorno do Distrito Federal, outra mulher, em Silvânia, também registrou queixa contra o mesmo homem. As investigações apontam que ele pratica os golpes com a ajuda de outras pessoas.

“Ele fala para depositar para a filha dele, para a ex-mulher dele, que precisa dar esse dinheiro para elas e elas vão recebendo nas contas e ele não fica com esse registro nas contas bancárias dele”, disse a delegada Isis Leal.

Outras mulheres podem ter sido vítimas do homem. “É muito importante que as mulheres fiquem atentas a esses relacionamentos, principalmente em internet, porque a gente não conhece quem são essas pessoas”, completou a delegada.

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.

1 Comentário

Deixe uma resposta