Polícia desmente busca por casal sequestrador – TV CMN – Canal Municipal de Notícias
Enviado no dia 21/05/15 16:19:19 - Atualizado em 21/05/15 às 22:49:54
Polícia desmente busca por casal sequestrador
  • 4
  • 5.711
  • TV CMN

 

Este retrato tornou-se viral e têm sido utilizado em vários países incluindo Chile, Argentina, Espanha e México.

Este retrato tornou-se viral e têm sido utilizado em vários países incluindo Chile, Argentina, Espanha e México.

Um alerta sobre a periculosidade de um casal estrangeiro que sequestraria crianças em Manaus e em Águas Lindas de Goiás para a retirada dos órgãos e depois abandonaria seus corpos em estradas, compartilhada nos últimos dias nos grupos de conversa e redes sociais, se trata de mais uma farsa virtual.

O teor da mensagem relata que as informações foram repassadas pela Polícia Federal do Amazonas, detalhando que três crianças do sexo masculino teriam sido vítimas do casal. A primeira vítima teria 2 anos e teria sido raptada na praça Jeferson Peres, Centro. Seu corpo foi supostamente encontrado no ramal do Pau Rosa, localizado no quilômetro 21 da rodovia BR-174 (Manaus/Boa Vista).

A segunda vítima teria 6 anos e seu sequestro teria acontecido na praça do Dom Pedro, sendo seu corpo encontrado na estrada do Tarumã, Zona Oeste, sem os órgãos. A terceira vítima teria 4 anos e supostamente desapareceu de frente de sua casa, no bairro Compensa, Zona Oeste. O menino teria escapado ileso, pois seus familiares e vizinhos saíram em sua busca, mas o menor foi também encontrado na estrada do Tarumã.

A última vítima não chegou a ter os órgãos retirados, pois quando o casal percebeu o movimento dos familiares e amigos, largaram a criança pela estrada e fugiram por dentro da mata fechada.

Desmentido

O setor de comunicação da Polícia Federal do Amazonas (PF) informou que a mensagem não foi divulgada pela instituição e garantiu que não estão acompanhando nenhum caso semelhante.

Segundo a PF, caso realmente houvesse algum casal cometendo esse tipo de crime, a responsabilidade de investigar o caso seria da Polícia Civil (PC), pois o trabalho da PF é voltado mais para entrada e saída dos estrangeiros no país.

Sobre a suposta mensagem, a PC informou que não há nenhum caso a ser investigado sobre o devido casal e reforçou que nenhum corpo de criança deu entrada sem os órgãos no Instituto Médico Legal (IML), nos últimos dias no Amazonas.

História viralizou desde 2012

Luis Alejandro González, do Chile, e Malvina Serrano, da Argentina, são acusados de pertencer a uma rede de tráfico para prostituição. O casal, segundo informações obtidas de diversos sites de outros países, é fugitivo e procurado pela Interpol (Organização Internacional de Polícia Criminal).

O casal operava no Chile, em 2009. Após a primeira publicação com seus retratos e nomes em 2012 na internet, tornou-se viral esse hoax de sequestro de crianças e tráfico de órgãos e a utilização das imagens em vários países, incluindo Chile, Argentina, Espanha e México.

Este mesmo casal tem gerado pânico em Águas Lindas sendo divulgado nas redes sociais e até divulgamos em um outro caso (Clique aqui) que nada disso procede, no entanto a TV CMN pede que os pais tomem muito cuidado com os seus filhos.

Agora entenda mais este caso sobre o casal

A mulher da foto viralizada nas redes é a operadora de caixa cuiabana, Francineide Freitas Leal. Francineide conta que a vida dela virou um pesadelo após a imagem acompanhada de um texto percorrer Brasil afora. O homem que aparece junto com ela, é o ex-marido dela que não teve nome divulgado.

Segundo a mulher, ela só tomou conhecimento da proporção da imagem depois que foi reconhecida por um cliente da farmácia que fica ao lado do trabalho dela, em Cuiabá.

De acordo com o delegado Eduardo Botelho, que apura o caso, o ex-marido de Francineide está preso por suspeita de estuprar a filha do casal e a enteada. Antes da prisão, porém ele ficou escondido em uma mata perto de Cuiabá desde que a filha tinha denunciado. Depois, foi reconhecido por um investigador de polícia e levado para a delegacia.

Eduardo Botelho acrescenta ainda que esses tipos de informações falsas são perigosas para as vítimas.

Nas redes sociais, a operadora de caixa postou mensagens dizendo que a mensagem viralizada é mentirosa, mas frisa que não teve efeito. “Quero seguir minha vida, ter força para continuar, para cuidar da minha filha e tralhar”, afirmou.

Fonte: Isabelle Valois (equipe jornal EM TEMPO) e Notícias Urbanas

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.
  • Ortho Implante

4 Comentários

  1. se e mentira pq dizem q ouve casos em aguas lindas de crianças com esse perfil desaparecidas… vcs podem dizer se isso e verdadeiro ou nao

    • Se realmente tivesse acontecendo acho que todas as mídias estariam falando do assunto, mas esperamos que seja só mesmo uma história inventada para circular nas redes sociais tipo um Viral.

    • Deixa de ser ! Se houve ou não casos, não quer dizer que foia moça…que está injustamente sendo acusada. Pessoas como tu, alienadas e é que propagam esse tipo de idiotice.

Deixe uma resposta