Postos do DF temem ficar sem combustível a partir deste sábado – TV CMN – Canal Municipal de Notícias
Enviado no dia 22/12/18 09:19:32 - Atualizado em 22/12/18 às 09:19:32
Postos do DF temem ficar sem combustível a partir deste sábado
Problema teria partido da Petrobras, fornecedora de derivados do petróleo para o Brasil inteiro.
  • 0
  • 824
  • TV CMN

A crise de abastecimento por conta da greve geral de caminhoneiros no País acabou em junho, mas o DF pode reviver um microcosmo daquela realidade nos próximos dias. Sem se identificar, o gerente de uma das redes de postos de combustíveis da cidade denuncia que, desde quinta-feira (20), as empresas não têm conseguido receber o produto e há risco de falta de estoque.

Foto: Kléber Lima / Jornal de Brasília

 

Ainda não existe uma dimensão exata do problema, mas o profissional estima que dezenas de unidades, a princípio, podem ficar sem gasolina e etanol nas bombas se a situação não for normalizada até este sábado (22). O denunciante colocou a culpa na Petrobras, fornecedora de derivados do petróleo para o Brasil inteiro.

O produto chega a Brasília por meio de dutos controlados por uma subsidiária da Petrobras, a Transpetro. A partir daí, as distribuidoras devem fazer o repasse às empresas locais. O problema, portanto, estaria justamente ao se bombear esse combustível, o que não estaria acontecendo devidamente.

A principal distribuidora, a BR, negou a existência de problemas e ainda garantiu que os postos com bandeira da empresa estão plenamente abastecidos. Também procurada pela reportagem, a Petrobras S.A. alegou desconhecer problemas, mas prometeu apurar com mais profundidade – não houve nova resposta até a publicação desta matéria.

 

A reportagem ainda procurou duas grandes distribuidoras com operação no DF. A Total Combustíveis reconheceu atrasos no fornecimento, mas alegou ter recebido. A Ale disse não ter sido informada de problemas referentes à região, mas prometeu investigar.

O gerente responsável pela denúncia diz suspeitar que ninguém queira revelar a situação para “não alarmar” as pessoas. Amanhã, portanto, pode ser um dia crítico para resolução emergencial de problemas ou o desvelo de uma crise maior do que empresas e autoridades gostariam de admitir.

 

 

 

Fonte:Jornal de Brasilia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.
  • Ortho Implante

Deixe uma resposta